Total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Gavião cede empate no final e se despede do Parazão sem vitórias

Gavião empata por 3 a 3 e se despede
do Parazão sem nenhuma vitória
Apesar de ter permanecido o jogo inteiro na frente do marcador com gols de Gil Pica Pau, Aru e Bené, o Gavião Kiykatêjê, que teve sua melhor atuação nesta partida diante do Santa Cruz de Cuiarana, quando atuou com oito jogadores locais: Aru, Peri, Urias, Danilo, Tássio, Antunes Balão, Luís Fernando, Waitwai, cedeu o empate a um minuto do fim do jogo, e empatou por 3 a 3 com o adversário, que fez os três gols através de Rafael Pati, que saiu de campo xingando Tarcísio Marques, que teria adiantado um dinheiro para o jogador defender o Gavião, assim como havia acontecido na Seletiva, mas o artilheiro não teria honrado sua palavra, e nem devolvido a merréca. Eu mereço!





Estádio vazio foi o reflexo da campanha do time indígena





Comissão Técnica do Camisa é 10

Considerada a melhor escola de futebol de Marabá e região, o Camisa 10 Sports, tem fortalecido cada vez mais sua estrutura, visando disputar as competições que acontecem na região, como parte da preparação, para as viagens do mês de julho, quando as categorias Sub-16 e 14, seguem para disputa de importante competição na cidade de Jataí (GO), enquanto as bases Sub-15 e 12 viajarão para Adamantina (SP), para disputa da Copa Mercosul.
A comissão técnica do Camisa 10 é formada pelos treinadores: Adilson Neves e Reizane Alves, além do enfermeiro José Augusto, o Ciência, e do coordenador geral e presidente Bira Ramos.
Comissão Técnica

Adilson Neves, Reizane Alves,, José Augusto e Bira Ramos






Mais uma vez

Camisa 10 conquista V Copa Marabá
Contando com a participação do visitante Água Azul do Norte (PA), e Primavera, Projeto Ale e Camisa 10, ambos de Marabá, aconteceu na manhã do último sábado (12), no campo da chácara Primavera, no São Félix III, a V Copa Marabá da categoria Sub-14, que envolveu atletas nascidos nos anos de 2000 e 2001, e cuja competição foi conquistada pelo Camisa 10 Sports.
No primeiro jogo do torneio, o Primavera, fazendo valer a condição de anfitrião, goleou o Projeto Ale pelo escore de 5 a 1, dando um verdadeiro show de bola.
Em seguida, o Camisa 10 também goleou, só que o time visitante de Água Azul do Norte, pelo escore de 5 a 0, com gols de: Ruan Kaká (2), Natan (2) e Taylon; enquanto na decisão a vitória do Camisa 10 foi por 3 a 2, de virada, contra o Primavera, com tentos anotados por: Ruan Kaká, Jhonatan e Natan.
Aos times campeão e vice foram oferecidos troféus e medalhas, porém, Camisa 10, que sagrou-se campeão, ofereceu a taça ao visitante Água Azul, que havia perdido seus jogos, mas que deslocou-se cerca de 400 quilômetros para participar da competição.

O pequeno craque, Islayfe conduz a bola









Jogo entre Primavera e Projeto Ale

Time de Água azul

Guga vai no terceiro andar, e cabeceia a bola ao gol




Jogo entre Camisa 10 e Água Azul foi pegado





Aqui, Ruan Kaká presenteia Welves, de Água Azul, com a taça conquistada pelo Camisa 10


Islayfe, do Primavera, recebe taça de vice-campeão




sexta-feira, 11 de abril de 2014

Garotas treinam firme no Camisa 10

Além dos mais de 200 alunos que disputam competições pelo Camisa 10 Sports, as garotas boas de bola Gabriele, de 13 anos; Amanda, de 14 anos; e Sarinha de 12 anos, são as mais novas destaques da tradicional equipe, chegando a atuar entre os titulares do time. 



Marabá sedia etapa do Estadual de handebol

Etapa de handebol realizada
em Marabá foi muito disputada
Aconteceu no último fim de semana, com início na última sexta-feira (4) e encerramento no domingo (6), no ginásio poliesportivo Renato Veloso, na Folha 16, a Etapa Marabá do Campeonato Paraense de Handebol (Polo Sul e Sudeste).
O torneio foi disputado nas categorias Júnior – até 16 anos- (Masculino e Feminino) e Adulto (Masculino e Feminino), contando com a participação de cinco Clubes de handebol, desta região.
Participaram do evento esportivo: Metropolitano e Handmar (de Marabá), RHC, de Rondon do Pará; Handfuturo, de Tucuruí; APEC, de Parauapebas; e a Equipe de Jacundá.
O Clube Metropolitano de Marabá foi o anfitrião desta etapa do campeonato, e contou com total apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel).
Erton Luís Vigne, o “Gaucho”, secretário de esportes; e seu Adjunto, Heriomar Pereira, não mediram esforços para que mais uma vez Marabá se apresentasse como cidade polo na organização de grandes eventos esportivos.
O Clube RHC, de Rondon do Pará foi o grande campeão geral da Etapa Marabá; tendo conquistado os títulos do Adulto Feminino e Masculino e Júnior Feminino; enquanto Apec, de Parauapebas, levou o Júnior Masculino.
Segundo os especialistas em Handebol, esta foi uma das melhores competições da modalidade nos últimos tempos, com jogos emocionantes, de grandes rivalidades e elevado nível técnico.
“Marabá, cidade tradicionalmente conhecida como referencial no Handebol Paraense e que sempre escreveu história na modalidade, passa por um período de renovação e consolidação de um próspero trabalho, que em pouco tempo estará novamente despontando equipes campeãs”, afirma o treinador do MHC – Metropolitano Handebol Clube de Marabá, professor Karlo Saçço,, que foi mais além “Estamos fazendo em Marabá o que já deveríamos ter feito há muitos anos. Estamos investindo no potencial dos Clubes. O Metropolitano vem, hoje, investindo fortemente nas categorias de base e fazendo fortes parcerias como a da ABBB – Associação Atlética Banco do Brasil e outras empresas como FA Construtora para dar sustentabilidade financeira, além do SBT Marabá, para divulgação da Modalidade em Marabá e Região.”
Foram escolhidos como destaques da competição, em Marabá, o goleiro Marcos Abreu e o armador direito Silvestre Pierozan, do Metropolitano, que conquistou a 3ª colocação no adulto feminino e 2ª colocação no adulto masculino, com jogos bastante acirrados e placares apertados, numa demonstração de que o Metropolitano está no caminho certo, e que na próxima etapa, em maio, na cidade de Rondon do Pará, a classificação para a fase final do Paraense de Handebol, em Belém, poderá ser garantida, já que na somatória de pontos, classificam-se dois clubes da Região Sudeste do Pará, em cada categoria.
Heriomar Pereira, secretário adjunto de esportes, e Antônio Fernandes, do RHC, de Rondon do Pará



Silvestre Pioerozan foi destaque